Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘abri minha empresa e agora’

Investimento inicial

 No caso do investimento inicial, muitas são as situações a considerar. Mas, antes de desembolsar o primeiro real, pesquise, estude e relacione todas as despesas que  terá, por exemplo, com o imóvel, instalações, equipamentos, contratações de serviços e de empregados, treinamento, documentação, legalização da empresa etc.

 Relacione esses valores conforme o prazo em que terá que desembolsá-los e então garanta que haverá disponibilidade de capital para os pagamentos. Por mais minucioso que seja na definição dos gastos que comporão seu investimento inicial, tenha certeza de que, quando iniciar a montagem da empresa, surgirão situações de gastos não imaginadas antes. Portanto, reserve uma boa quantia de dinheiro para esses imprevistos. Lembre-se também do “capital de giro”, isto é, do dinheiro que você precisará para pagar empregados, aluguel e despesas com o imóvel, luz, telefone, mercadorias etc. nos primeiros meses de operação e também como reserva de capital para suportar períodos iniciais com baixo volume de venda.

 É de fundamental importância ter certeza de quanto vai gastar para montar a empresa e quando terá de efetuar cada pagamento. Veja o exemplo do quadro abaixo:

 Investimento inicial – Antes da inauguração (os valores são simbólicos)

 

Detalhamento Desembolso no 1º mês Desembolso no 2º mês Desembolso no 3º mês Subtotal
Investimento em instalações

1.500,00

1.000,00

2.000,00

4.500,00

Investimento em equipamentos

2.500,00

2.000,00

2.000,00

6.500,00

Investimento em veículos

Serviços de terceiros

3.000,00

1.000,00

1.000,00

5.000,00

Mat.de consumo e utensílios

 

 

1.000,00

1.000,00

Gastos com a abertura da empresa e inauguração

 

 

2.000,00

2.000,00

Reserva para gastos não previstos

5.000,00

 

 

5.000,00

Estoque inicial

 

 

2.000,00

2.000,00

Subtotal

12.000,00

4.000,00

10.000,00

26.000,00

Reserva para capital de giro

 

 

5.000,00

5.000,00

Total

12.000,00

4.000,00

15.000,00

31.000,00

 Este é um quadro que serve de exemplo para organizar os gastos com o investimento inicial. Ideal é que você forme um quadro como este, com o maior detalhamento possível, e vá complementando-o à medida que for se inteirando dos aspectos reais do empreendimento nesta fase de estudo do negócio.

 Pense neste quadro como um grande mapa: quanto mais completo e detalhado for, mais acertado será seu planejamento e menores as chances de surpresas desagradáveis com falta de recursos. Tenha certeza de que erros no dimensionamento do investimento inicial, que provoquem falta de recursos, costumam ser causas de insucesso de muitas iniciativas, de fracasso de muitas empresas. Não caia nessa armadilha.

a) Parte 1

b) Parte 2

c) Parte 3

d) Parte 4

e) Parte 5

f) Parte 6

Anúncios

Read Full Post »