Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘comunicação empresarial’

Por Reinaldo Miguel Messias

padaria5 Falar em comunicação no ambiente de trabalho remete logo a pensar em empresa grande!

Quando ouço “Diretor de comunicação institucional”, fico pensando, deve ser um cara que fica o dia todo falando da empresa para todo mundo, não é? Só falam o que ele quer!

Gerente de comunicação com o Mercado, este então deve passar o dia todo falando com cliente e concorrente. De tanto falar devem ficar afônicos e talvez seja por isso que freqüentemente são trocados.

Mas o que chama a atenção é a importância  da comunicação simples, efetiva e diária  em nossas pequenas empresas.Ela está na raiz da parte de nossos problemas e soluções .

A Comunicação entre empresário e equipe muitas vezes expressam mais sentimentos que determinações.

Se o excesso de comunicação formal por vezes engessa e “empapela” a organização o excessivo uso da informalidade  e da falta de registros pode prejudicar igualmente.

Se o papel aceita tudo, sem papel nada se comprova!

Todo excesso é ruim!

Na verdade comunicar ordens, tarefas e atividades devem ser feito, sempre que possível, através de um documento apropriado para ação! Se for trabalho, uma ordem de serviço se é um pagamento uma ordem de pagamento se é uma venda, um pedido e uma nota fiscal.

Quando a comunicação envolver clientes, se mal estabelecida, pode por muito a perder!

Quando o assunto é comunicação oral, pior ainda!

Estive reparando que muitos empresários não dão conta da importância de treinar seu pessoal para falar bem.

Falar bem para  criar um relacionamento favorável com clientes e facilitar vender melhor!

Numa padaria de bairro notei, dia desses, até uma racionalização de palavras!

Racionalizar energia, insumos e materiais, tudo bem, mas palavra é demais!

Veja só a situação:

Cliente se aproxima do balcão. Balcão repleto de panificados. Cliente, olho no olho do atendente. Atendente se prepara e faz abordagem:

– “Que” “que” “ce” “qué”?

Ao que o cliente prontamente responde:

– Cinco pãezinhos e um litro de leite!

Disponibilizados pães e leite, prontamente o atendente entrega a comanda e  os produtos ao cliente. Aí  profere em bom e sonoro português :

-Próximo!

Sou eu. O próximo!Queria ser o CLIENTE, mas virei apenas o próximo!

Penso então que vou receber quatro sílabas e uma palavra!

Desta vez ele se torna ainda mais econômico, tendo em vista que a fila é grande e com uma expressão inquiridora ao  me encarar, aponta o indicador e como se fosse um código facilmente decifrável  por mim , falo:

-Cinco pãezinhos e um litro de leite!

Logo em seguida, eu ouço “Próximo!” e lá vou eu ao caixa!

Apenas uma palavra!

Não se comunica bem, não se vende bem! Com tanto produto exposto, só comprei o básico!

Agindo assim, não será surpresa se o “próximo” ficar cada vez mais longe!

Reinaldo M Messias

Consultor SEBRAE/SP

Setembro/2009

Anúncios

Read Full Post »