Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘o que é preço de venda’

A empresa deverá buscar o equilíbrio entre o preço de mercado e o valor calculado em função dos seus custos e despesas.

O preço de venda para a empresa é o valor que cobre o custo direto da mercadoria/produto/serviço, somadas as despesas variáveis e fixas proporcionais. Além disso, deve gerar um lucro líquido.

Caso o preço de venda do mercado seja inferior ao seu preço de venda, a empresa precisa procurar diminuir os seus custos diretos, e/ou as suas despesas fixas ou aceitar um lucro líquido menor.

Read Full Post »

Preço de Venda

O estudo para determinar o preço de venda visa responder a todas as perguntas anteriores, pois, se você começar a operar sem esse conhecimento, pode ser que não consiga “depositar” em cada gaveta o suficiente e comece a ter problemas financeiros imediatamente, inviabilizando a empresa.

Como dissemos antes, e vale a pena repetir, todo dinheiro que sua empresa precisará mensal e diariamente para pagar as contas (custos variáveis, custos fixos, despesas comerciais) ou, em outras palavras, pagar os fornecedores, suprir a estrutura da empresa com pagamento de funcionários, das concessionárias de luz e energia, água, telefone etc. pagar ao governo, na forma de impostos, taxas e contribuições, e garantir a recompensa dos sócios você obterá do faturamento da empresa.

Significa que precisa garantir que o preço adotado em cada venda seja, no acumulado, suficiente para pagar essas contas. Surgem então mais duas novas perguntas que seu plano de negócios precisa responder:

Qual o preço de venda ideal para cada produto ou serviço?

• Qual o volume de vendas mínimo?

O preço de venda costuma ser a chave do sucesso de muitos negócios. Portanto, recomendamos que não use fórmulas improvisadas para fixar o preço de venda dos produtos e serviços. É mais um item do seu plano de negócios sobre o qual você precisa ter domínio completo. A compreensão da oportunidade de negócio que encontrou e o domínio sobre a composição de custos de sua empresa vão permitir que desenvolva sensibilidade para fixação do preço de venda. Você terá de decidir por um equilíbrio entre duas equações básicas:

Lucro (unitário) = preço de venda que o mercado pratica – (custo variável

+ despesas comerciais + parcela de despesa fixa),

ou seja: (L = PVm – (CV + DC + DF)

Ou

Preço de venda desejado por você = custo variável + parcela de despesa

fixa + despesas comerciais + lucro, ou seja: (PVd = CV + DF + DC + L)

Qual a diferença?

O sentido da primeira equação é que o preço é fixado pelo mercado e, se você for praticá-lo, muito provavelmente terá dificuldades para cobrir, além dos custos variáveis e das despesas comerciais, as despesas fixas e ainda acumular lucro. Isto é, muito provavelmente seus custos variáveis e despesas comerciais serão semelhantes aos dos concorrentes, mas suas despesas fixas derivadas da estrutura adotada para sua empresa e sua intenção de lucro quase sempre estarão acima das de seus concorrentes, mais experientes na exploração do mercado. Para acompanhar o preço imposto pelo mercado você precisará manter as despesas fixas reduzidas para então ter lucro, pois se o preço for menor que os gastos não haverá lucro e, pior, dificilmente será possível aumentar o preço, pois o mercado não aceitará. A alternativa será baixar custos e despesas.

Mentalize a fórmula PV – CV – DF – DC = lucro. Lucro é o que sobra.

O sentido da segunda equação é que o preço poderá ser fixado por você como resultado da soma de seus custos, das despesas e do lucro que deseja ter. Assim, você terá certeza de que ao vender obterá lucro. Mas a questão é que seu preço, que é bom para você, poderá não ser aceito por muitos clientes. E, para que consiga pagar todas as despesas fixas e acumular o montante desejado de lucro, precisará vender determinado volume. Esse volume poderá ser tão grande que somente será alcançado se muitos clientes aceitarem seu preço.

Então como resolver esse dilema?

Certamente, quanto mais você dominar os aspectos do seu negócio, mais hábil será para encontrar soluções. Enquanto isso, e em tempo de elaboração do seu plano de negócios, podemos sugerir o seguinte:

Aprenda com precisão a calcular o preço de venda que “seria” conveniente para sua empresa, que cobriria todos os gastos e geraria lucro. Estude bem esse assunto, faça cursos, procure o SEBRAE, onde encontrará orientação segura, detalhada e gratuita tantas vezes quantas necessitar.

Descubra qual preço é praticado pelo mercado, pela concorrência, para produtos e serviços similares.

Se o preço calculado for maior que o de mercado, então você saberá que precisa encontrar opções de redução de gastos. Isto é mau, mas não impossível.

Se o preço calculado for menor que o de mercado, então sua empresa tem poder de competição com a concorrência. Isto é ótimo. Estas questões nos levam a três outras: ponto de equilíbrio, margem de contribuição e atração de clientes.

Read Full Post »