Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘planejamento estratégico’

Por Jorge Luís da Rocha Pereira

Nós precisamos reconhecer e aceitar os limites impostos pelo ambiente, pelo nosso corpo e pelo nosso bolso, com isto, o processo de adquirir o conhecimento necessário e evoluir, poderá ser mais facilmente conquistado.

Em uma empresa, estes limites também existem e precisam ser respeitados, para que a empresa alcance o ideal nível de competitividade no mercado.

Se fizermos uma analogia, entre a prática do montanhismo e a gestão empresarial, podemos compreender melhor a importância em estabelecer limites para a sua empresa e também para nós mesmos.

Para escalar uma montanha o que é necessário?

  • Ter informações e conhecimento sobre a prática do montanhismo.
  • Reconhecer os limites deste conhecimento e do seu uso na prática.
  • Ter o treinamento necessário para a realização do esporte.
  • Reconhecer o limite do seu nível de conhecimento sobre as técnicas do esporte.
  • Dicas de pessoas experientes.
  • Saber a quem solicitar mais informações e onde adquirir conhecimento específico e prático sobre as mais diversas situações inerentes à prática do montanhismo.
  • Conhecer o melhor caminho para chegar até a montanha.
  • Aprender a realizar um planejamento de ações para atingir os objetivos desejados.
  • Conhecer a montanha, a face (lado) mais propícia para a escalada e ao nível de conhecimento e capacidade técnica do praticante.
  • Reconhecer o ambiente de forma geral e os caminhos mais interessantes para que os objetivos sejam atingidos, com o menor risco possível.
  • Saber utilizar os equipamentos e acessórios.
  • Obter o conhecimento e o treinamento prático do montanhismo.
  • Ter disponíveis os equipamentos e acessórios necessários à escalada.
  • Estar sempre atualizado em relação às técnicas de escalada e aos procedimentos de segurança pessoal e do grupo envolvido no planejamento.
  • Estar com o preparo físico adequado.
  • Reconhecer o seu condicionamento físico.
  • Ter acesso as informações do clima.
  • Aprender a utilizar todas as informações que cooperem para o sucesso da prática do montanhismo.

Leia mais no Mundo Sebrae

Read Full Post »

Por Roberto Bellucci

 

 

Para ser eficaz como empresário você deve desenvolver habilidades e pensar estrategicamente. Para isso, é preciso aprender como transformar a visão do negócio em realidade, de forma a determinar sua liderança, aprimorar o trabalho com sua equipe e criar as condições para resolver os problemas do dia-a-dia, intensificando o pensamento crítico.

 

O plano de negócios pode ser utilizado como uma ferramenta de gestão estratégica, com o qual se pode confrontar as mudanças, prever possibilidades e novas oportunidades.

 

Pensar estratégico é como fazer um filme. Cada filme tem um contexto (ou uma história) que se usa para começar a experimentar algum resultado (uma emoção) no final. Então, no seu negócio, você também prevê um resultado ideal, analisa a história, vivencia intensamente o momento e vai construindo cenários de como poderá alcançar a visão.

 

Você poderá utilizar alguns critérios para focalizar uma visão estratégica, que lhe ajudarão a ajustar e desenvolver etapas para torná-la realidade.

iniciandoumnovonegocio  (mais…)

Read Full Post »

 

Na dinâmica do mercado atual, a primeira pergunta que o empresário deve responder para uma lição de auto-análise em seu negócio ou futuro negócio é a seguinte: Por que comprariam de minha empresa e não comprariam da concorrência?

 

O consumidor de hoje tem muita opção para comprar, seja o seu cliente pessoa física ou pessoa jurídica. Existem muito mais empresas atualmente do que antigamente, não se vende mais como antes e as margens de lucro são cada vez menores.

 

E mais ainda, o concorrente não é somente o localizado mais proximamente ao seu negócio ou até mesmo com a mesma característica.

 

Antigamente os empreendedores escolhiam o negócio ou segmento de mercado que gostariam de atuar, abriam o negócio, muitas vezes, sem nenhum planejamento e era só esperar o cliente chegar ou até mesmo dependendo da característica do negócio, o empreendedor até escolhia para quem vender. Hoje isto não é mais possível.

Não há mais lugar para o amadorismo.

 

A premissa fundamental para abertura de uma empresa nos dias de hoje ou o sucesso de um negócio que está operando é o Planejamento baseado em uma estratégia. Mas como podemos definir estratégia?

 

Encontraremos na literatura e no mercado uma gama enorme de definições de estratégia. A mais simples de se entender é a definição que mais se aproxima da realidade da micro e pequena empresa: Estratégias são decisões que tomo na minha empresa hoje, para estar mais bem posicionado no mercado amanhã. Logo, a Estratégia é o início de tudo em uma empresa. Esta é a resposta para pergunta feita no início deste texto. Onde estou e onde quero chegar?

 

O primeiro passo para montar a estratégia de sua empresa é o conhecimento que o empresário possui de seus clientes ou futuros clientes. Descobrir uma necessidade e preencher.

 

A prática da estratégia tradicional era descobrir clientes para produto e/ou serviço que a empresa oferecia no mercado. Ou vender mais, para mais clientes. Mas vender mais para mais clientes é cada vez mais difícil. Portanto, o recomendável é monitorar o comportamento de seu cliente, entender e atendê-lo.

 

O segundo passo é avaliar seus concorrentes. Descobrir seus pontos fortes e fracos.

 

Descobrir realmente quem são seus concorrentes. A partir daí, o empreendedor pode definir qual estratégia implementar – Concorrer diretamente, oferecendo o mesmo produto e/ou serviço, o mesmo preço, cobrindo a mesma região. Ou Concorrer Indiretamente explorando os pontos fracos da concorrência com um novo produto e/ou serviço, com preço superior e atendimento compatível com o perfil do cliente ou uma forma de pagamento diferenciada, com uma divulgação mais agressiva ou através de novas regiões ou localidades.

 

Um erro comum na micro e pequena empresa é achar que vai competir só porque possui um preço mais baixo que o preço da concorrência. Sua estratégia principal e única é o menor preço.

 

Um erro fatal que leva muitas empresas a mortalidade. Uma estratégia que procura fidelizar os seus clientes por preço. E quando o empresário faz esta prática, na verdade ele está comprando uma parte do mercado que é muito suscetível a preço. E cliente fiel a preço é fiel a preço, não enxerga valores agregados na sua empresa. Não enxerga o seu diferencial de mercado.

 

A arte de administrar é a arte de implementar estratégias e gerenciá-las buscando os recursos necessários para sua implementação e atender o mercado.

 

Vença a competição de mercado por valores agregados aos produtos e/ou serviços oferecidos a seus clientes e não comprando a participação dos clientes em seu mercado.

 

Vença a competição de mercado implementando e administrando estratégias em sua empresa. Seu sucesso será mais duradouro e reconhecido. 

  

Wlamir Bello

Consultor – Orientação Empresarial

SEBRAE/SP

Read Full Post »